Páginas Principais
Câmera

Seleção de Modelos

Seleção de Modelos

A maior SELEÇÃO DE MODELOS de SOROCABA e região está de volta! Se você sonha em brilhar nas passarelas ou estampar a capa de uma revista, esta é sua grande oportunidade!

Veja como é fácil participar!


Para participar da nossa seleção e concorrer a uma vaga, é necessário ter entre 16 e 25 anos e enviar 03 fotos digitais (rosto, perfil e corpo inteiro), sem maquiagem e com roupas do dia a dia para byalexandre@ymail.com

É necessário enviar também as seguintes informações:


- Nome completo
- Idade
- Altura
- Cidade
- Telefone para contato
- Nome do responsável (somente para menores de idade)

Antes de se inscrever leia atentamente nosso regulamento » clique aqui


Boa sorte!

Golpes contra modelos

| 190 comentários

Golpes contra modelos.

Saiba como descobrir se uma agência é confiável e evitar os golpes mais comuns contra modelos e suas famílias.

A By Alexandre recebe diariamente dezenas de e-mails de moças e rapazes que sonham em fazer sucesso no mundo da moda e da publicidade.

Porém recebemos também relatos e desabafos muito tristes, de pessoas que por falta de informação, foram vítimas dos golpes antigos no mundo da moda.

Abaixo listamos algumas dicas para você descobrir se uma agência é confiável e também desmascarar as agências picaretas, evitando futuras frustrações:

1) Cuidado com os elogios.

Desconfie se alguém na rua, no shopping ou mesmo através das redes sociais vem até você e diz:

- Você é tão linda! Você já pensou em ser modelo?

- Você deveria fazer uma avaliação com um profissional!

- Você tem o perfil que estamos procurando. Pegue o meu cartão e venha conhecer nossa agência de modelos / atores...

É verdade que alguns modelos de sucesso foram descobertos apenas andando no shopping, mas esta é uma ocorrência extremamente rara. Desconfie sempre deste blá-blá-blá e não compre os sonhos que tentam te vender.

Lembre-se: A Internet é sua amiga. Faça uma pesquisa!

2) Jamais pague dinheiro adiantado.

Agências de verdade ganham dinheiro quando você ganha dinheiro. Existe uma comissão (geralmente 20% ou às vezes mais para as agências no exterior), quando você realiza um trabalho remunerado.

Se alguém cobrar antecipadamente para fazer seu book, composite ou cobrar alguma taxa pelo agenciamento, desconfie! Pode-se tratar de uma tentativa de golpe.

O material fotográfico, como book e composite, deve ser financiado pela própria agência e pago futuramente com o dinheiro do próprio trabalho.

3) Pagar por aulas ou workshops? Outra fria!

As agências que cobram por aulas ou workshops é outra fria. A maioria das agências sérias preferem que você não participe destes cursos, ou de uma escola de modelos, porque lá você não aprenderá as técnicas do mundo real.

Modelos profissionais aprendem através da experiência, trabalhando com grandes fotógrafos ou assistindo os modelos mais experientes trabalhando.

4) Pagar para participar de Seleções de Modelos? Mais uma furada!

Aqui os supostos agenciadores prometem apresentar o futuro modelo para agências renomadas no mercado, mas antes cobram por tudo: inscrições, aulas de passarela e por despesas de futuras viagens.

Geralmente o golpe é aplicado em etapas, sendo cobrado valores baixos nas primeiras fases e valores cada vez mais altos para dar continuidade no processo.

Lembre-se: As seleções de modelos em agências sérias são totalmente gratuitas e qualquer pessoa pode comparecer a uma delas e realizar uma avaliação.

5) Atenção redobrada nas redes sociais

Agências sérias não têm necessidade de ficar anunciando ou ficar caçando talentos pelas redes sociais. Elas tem tanta procura, que realmente não precisam se preocupar com isso.

6) Promessas e garantias

Não há garantias no mundo da moda, não se garante sucesso e nem trabalho. Jamais uma agência séria irá fazer qualquer tipo de promessa.

- Justiça proíbe participação de menores de 16 anos em seleções para modelo
- Em troca de dinheiro aproveitadores aplicam golpes em jovens modelos
- Oito presos pelo "golpe de modelo"
- Agências de modelos: saiba como funcionam os testes de admissão
- Golpes contra desempregados - Parte 2